Papo de Mãe | Amamentação

04 maio 2015 | 11:05 1 comentário

Oi gente!!! Gravei um vídeo respondendo perguntas sobre o Tito e a gravidez. Mas como ainda recebo perguntas, resolvi escrever esse post.
Uma coisa que me perguntam bastante é sobre amamentação e agora vou contar minha experiência para vocês.




Felizmente no final da gravidez eu já tinha colostro. Por várias vezes vazou durante a noite e no próprio dia da cesárea, fui para a sala de cirurgia com a camisola suja. 
Mesmo assim as dúvidas não saiam da minha cabeça. Sei que muitas mulheres não conseguem amamentar por vários motivos (falta de leite, falta de bico, rejeição do bebê...)  e mesmo vendo que o processo estava caminhando, a minha cabeça estava cheia de perguntas e indagações...
Logo depois que ele nasceu, fui para o quarto e uma enfermeira deu algumas dicas e nos mostrar como o bebê deveria mamar.
Como fiz a cesárea, não podia me levantar - nem me mexer muito :( - então o 'trabalho' ficou por conta do meu marido que pegava o Tito e o encaixava no meu peito.
Ele pegou super rapidinho! É impressionante como é uma coisa 'nata', é só colocar a boquinha do bebê no peito que ele sabe o que tem que fazer...Impressionante como é a natureza. No hospital mamou quase como um reloginho de duas em duas horas.

Nas primeiras semanas o Tito mamava de três em três horas durante o dia e a noite (cheguei acordá-lo algumas vezes). Nos primeiros dias foi suuuuper tranquilo e zero de dor. 
Mas na segunda semana o bicho começou a pegar! 
Os mamilos ficaram suuuper machucados, de chegar a sangrar. Não vou ser mentirosa e dizer que foi tranquilo PORQUE NÃO FOI! 
A dor era muiiito grande. Haja força de vontade para continuar... O mamilo fica de fato 'em carne viva' e é necessário ferir 'para calejar'.
Para minimizar a dor e cicatrizar usei a pomada Millar e a concha anti empedramento - que uso até hoje quando estou em casa e não abro mão! Ajuda muito a deixar o bico 'prontinho' para o bebê pegar
Outra coisa que ajudou muito a melhorar foi o sol! É impressionante, mas quando colocava o Tito para pegar sol, deixava o sol bater bem direto nos seios e ajudou a cicatrizar bem mais rápido.
Se serve de consolo, essa fase de dor passa rapidinho e logo depois fica extremamente prazeroso.

Depois que ele fez 15 dias, começou a espaçar mais durante a noite, o intervalo passou para umas quatro horas. Hoje o intervalo da noite está de no mínimo umas cinco horas.
Em compensação, de manhã ele quer mamar muito mais! Chega a querer de hora em hora. 

Quanto a quantidade de leite, dizem que o corpo vai se adaptando e diminuindo até ficar com a quantidade que o bebê consome. Mas ainda estou com muito leite e como ele tá dormindo mais a noite, muitas vezes acordo de madrugada com os seios super cheios e preciso tirar para evitar que empedre.
Sei que tirar continua estimulando e consequentemente produzindo mais. Mesmo sabendo tem dias que tiro para evitar maiores problemas. 
Tiro usando a bomba elétrica Medela. Super indico, não dói absolutamente nada pois ela faz o mesmo movimento de sucção do bebê e o leite sai super rápido. É uma pena ser super cara aqui no Brasil... A família do meu marido me trouxe dos EUA.

Outro fato que me perguntam muito é se amamentar de fato emagrece!
Não sei dizer com propriedade que amamentar emagrece. Minha experiência diz que sim. Mas não sei se é uma regra! 
Na gravidez engordei 12kgs. No primeiro mês eliminei 10kgs e agora já estou uns kilinhos a menos do que quando engravidei.
Sinto uma fome absurda, mas mesmo assim o corpo queima bastante e os kilinhos estão indo embora ;)

Ufa! Acho que escrevi tudo. Resumindo, amamentar no inicio não é fácil, tem que ter força de vontade. 
Mas compensa cada segundo! Ver seu bebê se desenvolvendo e engordando através do seu leite é mágico. Quem tiver a oportunidade de amamentar tem que fazer, te faz crescer muito como pessoa é uma troca sem igual.

Pra mim a maior dica é não desistir! Tentar, tentar e tentar...Se não rolar, bola pra frente e bora fazer o melhor para o bebê.

1 comentários:

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
4 de maio de 2015 11:21 delete

Thais, te sugiro seguir no instagram o @comidadebebe. É de uma nutricionista, chamada Gabriela Bioni, que dá várias orientações e tira muitas dúvidas sobre esta fase tão especial. um beijo

Reply
avatar